Servidores iniciam movimento em Brasília

Servidores públicos de todo o país, entre eles docentes das federais e técnico-administrativos da UFPE, iniciaram na madrugada desta segunda-feira (27), os movimentos de protesto do Ocupe Brasília marcado para amanhã (28). Milhares de servidores públicos estão chegando à capital federal para participar da Caravana e Ato Nacional de mobilização em defesa do serviço público, contra os ataques ao funcionalismo e em defesa da Carreira e Educação Pública.

Manifestantes realizaram vigília e impediram a entrada ao Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão (MPDG), bloco C da Esplanada dos Ministérios em Brasília-DF. A Federação de Sindicatos dos Trabalhadores Técnico-Administrativos em Instituições de Ensino Superior Públicas do Brasil (FASUBRA Sindical) exige audiência com o ministro Dyogo Oliveira, para discutir a pauta de reivindicações da categoria.

Foto extraída do site da FASUBRA-Sindical

  Servidores técnico-administrativos

Os técnicos-administrativos da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) estão em greve por tempo indeterminado desde o dia 13 de novembro. A pauta de reivindicações da categoria é contra as reformas, o Plano de Demissão Voluntário, contra o congelamento salarial e o aumento de 11% para 14% da alíquota previdenciária, propostos pelo Governo Federal. Eles também pleiteiam o fim a implantação do ponto eletrônico. A ADUFEPE apoiou a caravana dos técnicos para o Ocupe Brasília e o envio de um ônibus que saiu da UFPE na sexta-feira (24) com 50 servidores da UFPE entre eles professores, técnico-administrativos e estudantes.

A greve também é nacional, cerca de 200 mil técnicos das instituições federais de ensino em todo o país reivindicam abertura de diálogo com o governo, após a quebra do Termo de Acordo assinado em  2015. Até momento, de 63 instituições de ensino superior, 38 aderiram à greve, algumas ainda realizam assembleias.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *