Reforma da previdência em debate na ADUFEPE

Para debater com os servidores federais as mudanças da Reforma da Previdência, a ADUFEPE reunirá importantes especialistas no assunto, na manhã do dia 14 de março, no auditório da sede da Associação. O seminário propõe combater a PEC nº 6 de 2019, visto que as mudanças asseguram essencialmente as questões fiscais do país e reduzem os direitos do aposentado, com menor valor da aposentadoria e do tempo para adquirir o benefício.

Em sua tele-conferência o ex-ministro Ricardo Berzoini vai abordar a relação entre os sistemas de previdência civil e militar, e também do INSS, com o orçamento da união. “Vamos demonstrar no seminário que é possível com mudanças tributárias reformular o orçamento da União e fazer uma reforma que possa ser equilibrada, sem usar argumentos distorcidos como aqueles usados pelo atual governo para justificar a reforma”, disse Berzoini.

Seminário – Além do ex-deputado federal Berzoini, o evento terá como palestrantes o presidente do PROIFES-federação Nilton Brandão, auditor fiscal e jornalista Vilson Romero e o professor da UFPE Cícero Dias, também gerente de Atuária e Benefícios da FUNPRESP.

O presidente Nilton Brandão (Proifes-Federação) classificou a reforma como um desmonte da previdência social e, por isso, a federação reuniu, no último dia 27 de fevereiro, entidades significativas para atuar na Frente Parlamentar e fazer um enfrentamento mais orgânico e eficiente da Reforma da Previdência no Congresso.

 “A Reforma violenta a possibilidade de ter alguma aposentadoria no país, sendo que alguns segumentos são extremamente prejudicados: os trabalhadores rurais não vão se aposentar, e esta reforma é também um ataque às mulheres, que muitas vezes têm jornadas duplas e triplas, e, do ponto de vista da educação, não aceitaremos a destruição do direitos à aposentadoria especial das professoras e professores da educação básica”, salientou Brandão.

Mudanças – Além de ampliar os limites de idade para aposentadoria, a reforma propõe uma “desconstitucionalização” das regras previdenciárias dos servidores públicos, estas passarão a ser definidas por mecanismos, como a lei complementar, que poderá ser mudada no Congresso Nacional a qualquer momento, de acordo com a nota divulgada pela diretoria da ADUFEPE. ( )

Serviço:

Seminário Reforma de Previdência

Quando: Dia 14 de março, das 9 h às 13 h

Onde: Auditório Paulo Rosas, sede da ADUFEPE, Campus da Universidade Federal (UFPE)

Mais informações:

Assessoria de Comunicação ADUFEPE Tel: 30362250/992263395 (whats up)

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *