Pesquisador discute formas de sociabilidade através das redes sociais

O pesquisador italiano Vincenzo Susca, da Universidade Paul-Valéry, em Montpellier, na França, vem ao Brasil no fim deste mês para discutir as novas formas de sociabilidade da atualidade. Com apoio da Associação dos Docentes da Universidade Federal de Pernambuco, o professor vai conduzir o minicurso  “Mídia e Imaginário: do século XVIII às redes sociais”. A atividade acontece na próxima terça (29) e quarta-feira (30), das 14h às 17h, no Auditório Paulo Rosas, na sede da Adufepe, no campus Recife da UFPE.

Clique para se inscrever

Para participar, é preciso se inscrever previamente. Vincenzo Susca é pesquisador e professor do Departamento de Sociologia da Universidade Paul-Valéry 3. O evento é uma parceria entre o Grupo de Pesquisa Narrativas Contemporâneas, do Programa de Pós-Graduação em Comunicação da UFPE, com o Consulado Francês no Recife.

De acordo com os organizadores, o minicurso pretende desdobrar as transformações nas formas de socializar das pessoas com o advento das tecnologias de comunicação. A abordagem vai trazer desde o surgimento da noção de indivíduo, no Renascimento europeu, passando pelos processos de industrialização e urbanização ocorridos no século XVIII, pela modernidade e aparatos de cultura de massa, como a televisão, até a popularização dos smartphones e das redes sociais.

O estudioso acredita que as novas relações alteram nossa relação com a técnica, que deixa de ser uma ferramenta para resolver problemas, mudar o ambiente ou controlar a história, e se torna uma “tecnomagia”, um novo totem em torno do qual grupos contemporâneos experimentam formas novas de convívio e organização social. Nesse contexto, cada rede social, comunidade eletrônica, fórum online ou ainda produtos como flash mob, imagens técnicas, vídeos instantâneos no Instagram, obras de consumidas no momento de sua reprodutibilidade digital, geram um novo tipo de comunicação e um novo papel desempenhado pelo humano nesse processo.

A carga horária total do minicurso é de seis horas, e os participantes inscritos terão direito a certificado desde que cumpram frequência de 75% das atividades.

O pesquisador e professor Vincenzo Susca. Foto: Facebook/Reprodução
O pesquisador e professor Vincenzo Susca. Foto: Facebook/Reprodução

Sobre o pesquisador Vincenzo Susca

Professor de Sociologia do Imaginário e pesquisador no Centro de Estudos sobre o Atual e o Cotidiano (Sorbonne) e no McLuhan Fellow na Universidade de Toronto, Vincenzo Susca é também diretor editorial dos Cahiers européens de l’imaginaire. Recentemente, lançou o livro Pornocultura – Viagem ao Fundo da Carne, em coautoria com a professora de Cinema, Fotografia e Televisão na Universidade Aldo Moro (Bari, Itália) Claudia Attomonelli. A obra foi publicada pela Editora Sulina. Também é autor do livro As afinidades conectivas: para compreender a cultura digital, lançado também pela Sulina, em 2019.

Confira a programação do minicurso

  • Raízes e arquétipos: o Renascimento, a perspectiva, o humanismo, o espaço público, a navegação, o amor profano, o nascimento do indivíduo, o luxo;
  • O nascimento da modernidade: a reforma protestante, o capitalismo, a industrialização, Paris, capital do século XIX, a esfera pública burguesa, a mercadoria, o progresso, a alienação;
  • Mídia: a galáxia de Gutemberg, a imprensa, o café, as passagens, as exposições universais, a fotografia, o cinema, a televisão, o computador, o telefone, o telefone celular, o smartphone, a internet dos objetos e as redes sociais;
  • Formas estéticas, sociedade de massa e sociedade em rede: o nascimento da multidão, a transformação da multidão em público, a estetização do público, interação e conexão, passagem do contrato social aos pactos, crise do indivíduo, o retorno do “nós”, noção de afinidade conectiva, advento da pornocultura e da obscenidade integral;
  • Das vanguardas históricas à cultura numérica: Dada, surrealistas, futuristas e situacionistas, a tecnomagia, a arte urbana, o pop surrealista, a obra de arte sem obra de arte, a obra de arte na época de sua reprodutibilidade numérica.

Minicurso Mídia e Imaginário
Quando: 29 e 30 de outubro
Horário: 14h às 17hs
Onde: Auditório da Adufepe
Avenida dos Economistas, s/n – Cidade Universitária
E-mail: jornadascientificasufpe@gmail.com

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *