Paulo Freire em Setembro aborda Pedagogia do Oprimido

Ato comemora aniversário do patrono da Educação

O ato político-pedagógico Paulo Freire em Setembro será realizado nesta quarta-feira (19), a partir das 8h30, no auditório Professor Carlos Maciel (Centro de Educação) e, a partir das 12h30, no Lago do Cavouco (UFPE). Realizado anualmente pela Cátedra Paulo Freire na data de aniversário do educador pernambucano, nesta edição, o ato tem como tema: Pedagogia do Oprimido: Resistência e Superação.

Este ano, o evento homenageia os 50 anos da obra Pedagogia do Oprimido. O livro revolucionou a educação brasileira, ao trazer uma proposta de educação crítico-libertadora, voltada para o contexto sócio-cultural. “A Pedagogia do Oprimido instituiu uma proposta de educação historicamente revolucionária, assentada em concepções, princípios, conteúdos e métodos que dão corpo a uma teoria educacional libertadora, preocupada com o ser humano, e, fundamentalmente com os “despossuídos da terra””, explica o fôlder do evento.

A abertura institucional do evento, será às 8h30. A primeira mesa de diálogo, às 9h, terá como tema – Pedagogia do Oprimido Resistência e Superação com a participação de Marco Raul Mejia (Planeta Paz), Márcia Alves (SOS Corpo)  e Teresa Leitão (Alepe). O grupo seguirá em marcha para o Lago do Cavouco, às 12h. Lá, a programação continua com um ato político-pedagógico e o Semear palavras Múltiplas Linguagens a partir das 14h, em seguida pronunciamentos e Atividade Cultural, às 14h30.

Além da Cátedra, o evento é promovido pela Centro Paulo Freire – Estudos e Pesquisas e o Sindicato dos Trabalhadores de Educação de Pernambuco (SINTEPE).  

Confira toda a programação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *