GT de Aposentados debate saúde e previdência

57 pessoas compareceram ao auditório Professor Paulo Rosas para  a reunião que debateu temas de interesse dos aposentados e proporcionou vivências de relaxamento e reflexão

 

Na manhã desta quinta-feira (02), a ADUFEPE realizou Reunião do Grupo de Trabalho de Assuntos de Aposentadoria. O evento reuniu 57 pessoas no auditório do sindicato para debater previdência, saúde e outros temas. A reunião recebeu o presidente do Sindifisco – PE, João Hélio Coutinho e a professora de meditação Transcendental Adriane Brasileiro e teve coordenação dos professores Guilherme Varela, Audísio Costa e Eronivaldo Pimentel, integrantes do GT.

João Hélio Coutinho mostrou os perigos da proposta de Reforma da Previdência contidos na PEC 06/2019. Ele defendeu o sistema de Seguridade Social criado na constituinte de 1988, ameaçado com a reforma de Guedes entre outros prejuízos. “O sistema idealizado pela constituinte trabalha com o regime de contrapartida que protege aqueles que não tiveram condições de contribuir. Ele é financiado de forma direta por toda sociedade e indireta por todos trabalhadores”, explica o sindicalista criticando o modelo de capitalização imposto pela Reforma do governo Bolsonaro. “O grande problema do sistema de capitalização é a insegurança, não há equilíbrio entre as partes”, denunciou Coutinho.

 Adriane Brasileiro compartilhou com o público informações sobre a técnica de Meditação Transcendental de Mahesh Yogi. Ela mostrou os benefícios da prática e convidou o público à reflexão sobre saúde e estresse. “A meditação transcendental melhora a capacidade de foco, a inteligência e a criatividade. É uma prática científica que propõe levar a mente para níveis mais profundos do processo do pensar”, explicou Brasileiro.

Além da temática de meditação, a ADUFEPE disponibilizou um momento de relaxamento com serviços da massoterapeuta Mirela Araújo que realizou massagens nos docentes aposentados.

Plano de Saúde

A ADUFEPE reforçou na pauta da reunião, a ideia de um plano de saúde gerido pelo sindicato. Com o intuito de oferecer alternativas para os sindicalizados que tem denunciado aumentos abusivos dos seus planos de saúde, a ADUFEPE propõe um convênio gerenciado entre a seguradora e o sindicato. Audísio Costa apontou os benefícios do plano e convocou os presentes a participarem. “Temos tido muitos problemas com empresas de plano de saúde e por outro lado, temos boas experiências de algumas associações que conseguiram redução de custos para seus sindicalizados”, defendeu o diretor.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *