Gestão completa um ano fazendo balanço das lutas

Hoje, 2 de julho de 2019, a diretoria “ADUFEPE 40 anos de luta” completa um ano de gestão. Para aqueles que participam do sindicato é um momento de reflexão e retrospectiva. Foi um ano de muitas lutas num contexto político adverso e desafiador.

Entre as propostas do programa da diretoria estava “Lutar contra a aprovação no Congresso Nacional de Leis que prejudiquem os interesses da categoria docente e da Universidade Pública, Gratuita e de Qualidade”. Esta luta é a marca da gestão atual. Os diretores têm participado de pautas em defesa da universidade e da autonomia universitária com articulações estaduais e nacionais, junto ao Proifes-Federação e ao ANDES, além do Senado e Congresso Nacional.

O Governo Federal tem anunciado cortes no orçamento das universidades, tentou impedir a contribuição sindical em folha e encaminhou uma das piores propostas de reforma da previdência que o país já viu.  Para combater estes ataques, a ADUFEPE foi atuante junto à categoria docente e a sociedade civil, convocando para assembleias e participando de atos e manifestações nas ruas em articulação com as centrais sindicais.

Segundo o diretor Audísio Costa os ataques do governo atual obrigou o sindicato a fazer uma articulação nacional e estadual. Neste sentido, a ADUFEPE participou dos fóruns tanto em defesa da democracia, quanto do pernambucano pela educação básica, além do Comitê Anti-fascista da UFPE. “Mesmo diante do cenário atual de direitos cortados e da reforma da previdência em curso, a diretoria promoveu debates e participou de atividades pela categoria docente e em defesa da democracia e da universidade pública gratuita e de qualidade”, disse Audisio

Em novembro de 2018, a entidade realizou o II Congresso UFPE em Debate, convidando toda a comunidade acadêmica da UFPE para debater um projeto de universidade. Para isso, contou com grandes debatedores como o ex-diretor da Petrobrás Guilherme Estrella e o cientista político Roberto Amaral. Além do II Congresso UFPE em Debate, a diretoria da ADUFEPE realizou e participou das mesas, neste ano, de 15 seminários, 4 encontros, 2 paralisações da Educação, 1 greve geral, 4 debates, 5 manifestações públicas, 7 assembleias e muito mais. Confira detalhes no site www.adufepe.org.br

Além de envolver a categoria nas pautas de luta em defesa da Educação Superior, a ADUFEPE ampliou os serviços internos de atendimento ao sindicalizado, na sede Recife e nas subsedes em Vitória e Caruaru. Exemplos das melhorias são a instalação de um setor de documentação e preservação da memória, ampliação dos setores, inclusive a contratação de tradutores de libras para garantir a comunicação com todos docentes.

Em março de 2019, a entidade comemorou 40 de existência com uma programação voltada para a memória do sindicato, reunindo ex-diretores, sindicalizados e funcionários para reviver as lutas e conquistas que perpassaram a história da ADUFEPE. Participe e aperfeiçoe nossos serviços e a luta em defesa da categoria e da universidade pública, gratuita e de qualidade. Para aprimorar o atendimento faça seus comentários e envie sugestões.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *