Debate da ADUFEPE lota auditório do CTG

Cortes no orçamento, estatuto da UFPE e políticas universitárias permearam o debate do campus Recife. Próximo será no dia 22 de maio, em Vitória.

A ADUFEPE promoveu o segundo debate entre as chapas que concorrem à reitoria da UFPE na tarde desta terça-feira (14), no auditório do Centro de Tecnologia e Geociências (CTG). Centenas de pessoas da comunidade acadêmica estiveram presentes para conhecer e torcer pelos seus candidatos.

O debate foi mediado pelo presidente da ADUFEPE, Edeson Siqueira e teve participação dos representantes das cinco chapas: Alfredo Gomes e Moacyr Araújo; Daniel Rodrigues e Millena Alexandre; Edilson Fernandes de Souza e Sandro  Sayão; Florisbela de Arruda Siqueira Campos e André Luís de Medeiros; Jeronymo  Libonati e José Luiz de Lima. “Não abrimos mão de defender essa democracia que se constitui pela livre escolha de toda comunidade e que tal escolha seja respeitada pelo conselho universitário e pelo governo federal”, disse o mediador.

Conforme as regras, o debate foi dividido em seis blocos. No primeiro, cada chapa teve cinco minutos para se apresentar e mostrar seu programa. O segundo e o terceiro blocos foram os mais acalorados, pois os candidatos fizeram perguntas entre si. “Tudo ocorreu num nível democrático, os candidatos procuraram elucidar os seus programas, definindo suas ideias e a frequência foi excelente. A grande participação neste debate mostra que a comunidade está interessada em saber o que pensam os candidatos para votar no dia da consulta, 29 de maio, com maior consciência e maior vontade de defender uma universidade pública, gratuita e de qualidade”, avalia o professor Audisio Costa, diretor da ADUFEPE.

No quarto bloco, que consiste numa pergunta da ADUFEPE, a questão dos cortes no orçamento entrou no debate. Os candidatos responderam destacando suas propostas e agendas para a universidade, enfocando o que cada chapa considera como diferencial das suas futuras gestões. No entanto, os desafios provenientes dos contingenciamentos também ficaram evidenciados nas falas dos debatedores.

O quinto bloco possibilitou a participação do público presente que pode depositar suas perguntas em urnas disponibilizadas para os três seguimentos da UFPE. Os questionamentos do público provocaram os candidatos a responder sobre captação de recursos privados, Estatuto da UFPE e políticas públicas de permanência. Por fim, cada chapa teve três minutos para fazer suas considerações finais.

A ADUFEPE promoveu um ciclo de debates nos três campi, que terminará na próxima quarta-feira (22/05), às 16h, no Centro Acadêmico de Vitória (CAV).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *