Ato reúne comunidade acadêmica no CFCH

Professores, estudantes e servidores técnico-administrativos da UFPE realizaram um grande ato, na tarde desta quarta-feira (7), no Centro de Filosofia e Ciências Humanas (CFCH) contra ameaças sofridas por estudantes e professores do local. Cerca de 200 pessoas participaram do ato organizado pela ADUFEPE. Os manifestantes abraçaram o prédio onde atuam as pessoas citadas numa carta anônima, divulgada nesta terça-feira (6).  O objetivo do ato foi alertar a sociedade e repudiar atitudes agressivas e antidemocráticas. “A universidade é um ambiente de múltiplas ideias e precisamos defender a população acadêmica contra expressões dessa forma”, disse o presidente da ADUFEPE Edeson Siqueira.

 Vinte pessoas foram citadas na lista em que são intimidadas, xingadas e ameaçadas. Tratam-se de docentes e estudantes do departamento de Ciências Sociais, de História e outras áreas. O texto, que teve muita repercussão, causou a revolta da comunidade acadêmica. Uma das postagens tem 213 compartilhamentos.

Após ter conhecimento do conteúdo da carta a ADUFEPE divulgou uma nota contra ameaças à democracia e às universidades e convocou o ato junto às outras categorias da comunidade universitária. Veja Aqui a nota.

A ADUFEPE também enviou um ofício à reitoria solicitando imediatas providências.  “Diante de tais circunstâncias e em decorrência da insegurança gerada, reitera a necessidade de que a reitoria da UFPE adote medidas para o resguardo da integridade física e mental dos nossos professores”, diz o ofício. Durante a tarde, a universidade também anunciou que abriu sindicância e acionou a Polícia Federal.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *