Assembleia Geral Extraordinária discute Conjuntura Nacional; veja os encaminhamentos

Nessa segunda-feira (28), às 9h30, a ADUFEPE promoveu Assembleia Geral Extraordinária para, sob pauta única, discutir a conjuntura política brasileira. No auditório professor Paulo Rosas, a assembleia docente teve início levando em conta a condição de greve e, nos informes, houve ênfase no posicionamento atual do ANDES-SN – 40 seções do sindicato paralisaram as atividades, atualmente. De acordo com a avaliação do presidente da ADUFEPE, professor Augusto Barreto, a construção da greve geral não vai depender das centrais sindicais: “As centrais sindicais estão com dificuldades para organizar a unidade e isso foi repassado pela diretoria do ANDES”.

Ainda no primeiro bloco, os docentes destacaram necessidade de pensar nas reais bandeiras de luta, as defesas das reivindicações – entre elas a PEC 55 e a MP 746. Além disso, os movimentos de ocupação também foram lembrado pelos docentes –  situação em que os presentes manifestaram apoio e encaminhamentos referentes aos atos.

No terceiro bloco, foi enfatizado a necessidade de melhora de comunicação entre os movimentos de greve na UFPE. Para resolver esses problemas, foi sugerido, entre os encaminhamentos, uma maior integração entre a comunicação da ADUFEPE e o Comando Unificado de Mobilização. Após cerca de três horas de assembleia, os docentes realizaram, no final do evento, um minuto de silêncio (aprovado em votação) em memória ao revolucionário cubano Fidel Castro, cujo falecimento ocorreu na sexta-feira (25).

SONY DSC

Encaminhamentos:

  • Moção de apoio aos estudantes da Universidade Estadual de Londrina (UEL);
  • Boletim semanal do Comando (enviado nas segundas-feiras para ser publicado, pelas mídias da ADUFEPE, na terças-feiras);
  • Moção de apoio às ocupações estudantis e não criminalização dos movimentos de luta;
  • Aprovada a ida do professor Marlon Freire (CAp – UFPE), eleito para representar o Comando de Greve, para Brasília (DF);
  • Garantia de disponibilidade das mídias da ADUFEPE semanalmente;
  • Caravanas de visitas as ocupações – saída no CFCH na quinta-feira (1), a partir das 14h, e sexta (2), às 9h;
  • Reunião do Comando Unificado na tarde da quinta-feira (31);
  • Aprovação de 10 mil reais do Fundo de Greve para compra de mantimentos para as ocupações;
  • Comissão para distribuição dos mantimentos (formada exclusivamente por professores);
  • 1min. de silêncio a Fidel Castro

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *