Após 14 anos, aparelho eletrônico criado por professor da UFPE é patenteado

14 anos. Este é o tempo de pesquisa empregado pelo professor Edval Santos – do Núcleo de Engenharia na Escala Nanométrica (nE2N) e do Departamento de Eletrônica e Sistemas do Centro de Tecnologia e Geociências (CTG) – até ter seu invento patenteado, o Medidor de Qualidade de Combustíveis. Mas há um grande diferencial neste aparelho: através de um processo totalmente eletrônico, o equipamento possui a funcionalidade de identificar se o combustível foi adulterado e, assim, verificar a qualidade do objeto analisado.

Pioneiro no mundo, o produto trata-se de uma conquista e inovação tecnológica que já foi referência, inclusive, no exterior do país. Depois de anos de espera e análise, finalmente o invento foi reconhecido pelo Instituto Nacional da Propriedade Industrial (INPI).

A ADUFEPE parabeniza o professor Edval Santos pelo feito. No geral, trata-se de uma grande conquista para a Ciência Brasileira.

Confira matéria com o professor na TV Clube:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *