Alfredo e Moa tem vitória expressiva no pleito à reitoria

Fotos: João Paulo Seixas/Ascom ADUFEPE

Docentes, técnicos administrativos e estudantes decidiram que o melhor candidato para assumir a gestão da reitoria (2019-2023) será o professor Alfredo Macedo Gomes. O diretor do Centro de Educação e seu vice Moacyr Cunha ganharam a consulta pública realizada nesta quinta-feira (12) na Universidade Federal de Pernambuco por 7929 votos, 31,26% dos votos válidos. Já o candidato concorrente formado por Jeronymo Libonati e José Luiz obtiveram 3751 votos, 26,99% dos votos. Segundo a ASCOM da UFPE, o total de votantes foi de 11.830 pessoas (1.726 docentes, 2.221 técnicos administrativos e 7.893 alunos).  Ao todo teve 69 votos em branco (0,60%) e 81 votos nulos (0,68%). As abstenções alcançaram 40,45% do total de votantes.

Ao som das palavras de ordem, “Educador pra ser reitor”, a torcida comemorou a vitória após o resultado divulgado nesta quarta,às 22 h, na reitoria da UFPE. Com o lema MUDE UFPE, Alfredo e Moa, em seus discursos nos debates realizados pela ADUFEPE, sempre afirmaram a necessidade de uma unidade interna da comunidade acadêmica em defesa da universidade pública, gratuita, inclusiva, plural e diversa. A chapa vencedora obteve 7.929 votos, ganhando nos três segmentos: 857 votos de docentes, 1.349 votos de técnicos administrativos e 5.723 votos de alunos (graduação, pós-graduação e residência), alcançando 31,26% dos votos.

No discurso da vitória eles disseram que o momento é de celebrar e que o trabalho de unificar a universidade começa amanhã mesmo. “Vamos construir uma nova história para universidade no sentido de agregar e pensar melhores políticas para os próximos quatro anos. A proposta é começar a unificar a UFPE em torno de uma pauta com muito diálogo, protagonismo e ações concretas para resolver os problemas históricos da nossa universidade”, disse o vencedor Alfredo.

O presidente da ADUFEPE, Edeson Siqueira, parabeniza a chapa vencedora Alfredo e Moa e reassume o compromisso de defender que esta escolha da comunidade seja respeitada pelo Conselho Universitário e também que seja nomeada pelo Presidente da república. “Nós reassumimos este compromisso e faremos toda e qualquer articulação local e nacional, para que este resultado seja respeitado pela livre e soberana vontade dos docentes, técnicos e estudantes”, conclui Edeson, que considera simbólico, termos o primeiro reitor de fato educador, que sai do Centro de Educação para assumir a reitoria.

Números – No total a UFPE possui 43.355 votantes, dos quais 2.526 docentes, 3.898 técnicos administrativos e 36.931 discentes. As eleições do 2 turno teve 241 mesários atuando em 22 mesas receptoras (seções eleitorais) divididas em Recife ( Várzea, Boa Vista e Santo Amaro – no Núcleo de TV e Rádios Universitárias ) e nos campi no interior, em Vitória e Caruaru. O voto eletrônico foi registrado nos terminais receptores de voto (71 no total) por toda a comunidade acadêmica. 

Alfredo Macedo Gomes é graduado em Psicologia (1990) e mestre em Sociologia pela UFPE (1995). O docente possui doutorado em Educação (PhD) pela University of Bristol (2000), no Reino Unido. O vice Moacyr Cunha de Araújo Filho é professor do Departamento de Oceanografia. Formado em Engenharia Civil pela UFPE (1985), com mestrado em Hidráulica e Saneamento pela USP (1991) e doutorado (1996) em Toulouse, na França. Conheça as propostas da campanha em vídeo e nas redes sociais do vencedor ao pleito da reitoria: http://mudeufpe.com.br/ – Redes Sociais: alfredoemoa

Confira as fotos da comemoração de autoria de Passarinho. (https://www.flickr.com/photos/ascom2ufpe/albums/72157709057694642)

Saiba como foi o último debate entre os dois candidatos no site  (https://www.adufepe.org.br/debate-da-adufepe-lota-o-auditorio-professor-paulo-rosas/)  Vídeo de campanha gravado na ADUFEPE (https://youtu.be/1mvaRl5HQ0Q).  

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *