ADUFEPE é destaque nacional na defesa da universidade pública e busca autonomia

A Associação dos Docentes da Universidade Federal de Pernambuco é uma entidade de caráter sindical que atua há 40 anos em defesa da democracia e da universidade pública, gratuita e de qualidade. Com 2,3 mil sindicalizados em atividade e aposentados, surgiu durante o regime militar com o intuito de valorizar os professores enquanto produtores e transmissores de conhecimentos e para lutar por melhores condições de trabalho e de vida para os docentes federais. Responsável por conquistas históricas para o ensino público superior no Brasil, a ADUFEPE desponta hoje como referência nacional nos embates em prol da universidade, da produção científica, tecnológica e de inovação e também da soberania nacional.

A implementação de um novo modelo sindical se faz urgente em meio ao colapso na educação orquestrado pelo Governo Federal. “A autonomia de uma entidade possibilita que ela esteja vinculada a uma federação responsável por fazer uma mobilização nacional entre os sindicatos autônomos, outras entidades de classe e movimentos sociais sem interferir no funcionamento, na gestão e na própria pauta do sindicato de base”, detalhou o presidente da ADUFEPE, professor Edeson Siqueira.

Através desse novo modelo, é possível ter autonomia para gerir recursos, ter uma maior proximidade com os filiados e modernizar os serviços. “O sindicato nacional, atualmente, verticaliza as decisões. Assim, impede, por exemplo, a participação democrática dos associados, considerando que condiciona as reuniões ao modelo presencial, ignorando os avanços da tecnologia que permitem videoconferências e uma maior interatividade através da internet Essa limitação é uma afronta à democracia que favorece a maioria conjuntural e cria uma maioria a gosto do que deseja quem domina o debate. As circunstâncias atuais exigem das entidades representativas mais do que uma articulação local focada em reajuste salarial. Precisamos ampliar a luta, o debate, defender os direitos dos trabalhadores, mas também oferecer benefícios, como um seguro saúde sem reajustes exorbitantes e convênios que possibilitem o maior rendimento do salário com descontos em escolas, cursos e estabelecimentos comerciais”, pontuou o presidente da ADUFEPE.

Confira nosso informativo e saiba a importância da autonomia sindical

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *