Técnico-administrativos da UFPE suspendem greve

Na manhã da última quarta-feira (27), os Técnico-administrativos da Universidade Federal de Pernambuco decidiram em assembleia suspender a greve da categoria, iniciada no dia 10 de novembro .
A greve dos TAs seguia uma pauta nacional conforme deliberação da Fasubra, mas também apresentava características locais. Entre outros pontos, os técnicos reivindicavam contra a atual Reforma da Previdência. Com o recesso do congresso a reforma fica congelada até fevereiro. Outro ponto da pauta é contra a utilização do ponto eletrônico na universidade. De acordo com o site do Sintufepe -UFPE, o sindicato seguira a mobilização com uma campanha do Boicote a biometria.

O Comando Nacional de Greve (CNG) da Fasubra encaminhou indicativo de suspensão para o dia 19 de dezembro, após 40 dias de paralisação dos trabalhadores técnico-administrativos em educação das instituições federais públicas do país.

Para o CNG, o adiamento da reforma da Previdência Social somado à resistência contra a reestruturação da carreira, “é uma vitória da Base da Federação e do conjunto dos trabalhadores que durante este ano realizaram várias lutas, se expressaram na greve geral de abril e no Ocupa Brasília”.
A Adufepe apoiou a luta dos técnicos desde o início. O sindicato dos docentes divulgou faixas e cartazes alusivos a importância da mobilização e disponibilizando um ônibus para a caravana que tomou Brasília no dia 28 de novembro. Na avaliação do presidente da Adufepe, Augusto Barreto, ao paralisar, os colegas servidores reafirmaram a necessidade e urgência de lutar por uma universidade pública, gratuita, inclusiva e de qualidade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *